Última hora

Última hora

Pacientes recebem doses excessivas de radiação

Em leitura:

Pacientes recebem doses excessivas de radiação

Tamanho do texto Aa Aa

Procuraram radioterapia contra o cancro e acabaram por receber doses excessivas de radiação. Entre 1989 e o ano passado quase 5 mil pessoas foram vítimas de sobredosagem de radiação por erros de manuseamento de uma máquina no hospital de Epinal, no nordeste francês. A ministra da Saúde francesa, Roseline Bachelot, recebeu esta quinta-feira os representantes das vítimas, a quem assegurou que todos vão ser devidamente indemnizados.

Alguns dos pacientes já morreram, outros estão curados das maleitas de que sofriam, como Christian Didier, a quem lhe foi diagnosticado cancro da próstata. Agora existe o receio de morrer da cura.

“Até ao momento considero-me curado. Mas o que não apreciei foi terem-me dito que tudo estava em ordem, o que era falso. Tenho sempre medo que a sobredosagem me provoque outra coisa qualquer, que um outro cancro se desenvolva noutro local”, refere Christian Didier.

De acordo com um deputado regional, uma das causas para os erros foi uma deficiente tradução das instruções do aparelho.