Última hora

Última hora

Caricaturista de Maomé com a cabeça a prémio

Em leitura:

Caricaturista de Maomé com a cabeça a prémio

Tamanho do texto Aa Aa

O líder de um grupo islamita iraquiano com ligações à al-Qaida ofereceu uma recompensa de 100 mil dólares pela cabeça de um caricaturista sueco.

Lars Vilks foi o autor de uma caricatura do profeta Maomé com corpo de cão, publicada a 18 de Agosto pelo diário sueco Nerikes Allehanda. O editor do jornal também tem a cabeça a prémio. “Foi precisamente contra este tipo de coisas que lutámos com a publicação. Ameaças destas não devem impedir a liberdade de expressão e não posso dizer que tenha mudado de opinião pelo facto de agora ser eu o ameaçado. Isto ilustra o facto de o nosso ponto de vista ser o correcto”, afimrou o edito Ulf Johansson.

A comunidade muçulmana na Suécia protestou esta sexta-feira de forma pacífica contra a publicação do desenho que suscitou protestos indignados por parte de países como o Irão, o Paquistão ou o Afeganistão.

A organização da conferência islâmica também condenou a publicação exigindo a Estocolmo que aplique sanções contra o caricaturista e a direcção do jornal.

Mas os islamitas iraquianos foram mais longe, o grupo intitulado Estado Islâmico, para além da recompensa que oferece a quem matar o cartoonista, ameaça executar atentados contra empresas suecas em todo o mundo.