Última hora

Última hora

Wipha em Shangai

Em leitura:

Wipha em Shangai

Tamanho do texto Aa Aa

O leste da China prepara-se para o Wipha, um tufão que poderá ser um dos mais destrutivos da história do país. Mais de um milhão e meio de pessoas foram deslocadas da província de Zhejiang. Por prevenção as escolas, vários edifícios públicos e de serviços, a bolsa e as lojas, tudo foi fechado em Shangai. Muitos voos foram cancelados. Shangai é a capital financeira e a segunda maior cidade chinesa, alberga quase 20 milhões de habitantes, o dobro da população de Portugal.

O Wipha atinge agora os 300 km/hora, os ventos chegam quase aos 200 km e toda a tempestade desloca-se para noroeste a 30 km/hora. Os jogos do campeonato mundial de futebol feminino, que se realiza este ano na China, foram adiados por causa do tufão. Em Taiwan, a passagem do Wipha não provocou vítimas nem prejuízos materiais consideráveis, segundo as autoridades de Taipé. No entanto, voos internos e com destino ao Japão foram anulados.