Última hora

Última hora

Paquistão vai às urnas sob ameaça terrorista

Em leitura:

Paquistão vai às urnas sob ameaça terrorista

Tamanho do texto Aa Aa

A comissão eleitoral paquistanesa anunciou esta quinta-feira que as eleições presidenciais foram marcadas para dia 06 de Outubro. Num escrutínio polémico, devido ao afastamento de eventuais candidatos, como Nawaz Sharif, por parte das autoridades, Pervez Musharraf vai tentar a reeleição na presidência do país. O chefe de Estado têm pela frente vários obstáculos, sendo um deles o do Supremo Tribunal que está a analisar os recursos apresentados pela oposição.

Os opositores ao presidente defendem que de acordo com a Constituição Musharraf tem que deixar o cargo de Chefe de Estado Maior General das Forças Armadas antes das eleições. Mas o chefe de Estado rejeita esta possibilidade e promete abandonar o cargo militar após as eleições, se for reeleito.

Ao imbróglio político e religioso, que teve como ponto alto os incidentes na mesquita vermelha de Islamabad, junta-se agora a ameaça de Ossama Ben Laden. De acordo com um site islâmico, o chefe da rede terrorista al-Qaida vai divulgar um vídeo na internet no qual declara guerra ao regime de Pervez Musharraf.