Última hora

Última hora

Lula e Chavez assinam acordo energético

Em leitura:

Lula e Chavez assinam acordo energético

Tamanho do texto Aa Aa

O Brasil e a Venezuela reaproximam-se ao nível económico com a amizade política plena no horizonte. Após várias horas de reunião em Manaus, os presidentes Lula da Silva e Hugo Chavez concordaram em estabelecer vários projectos comuns ao nível da energia, ao mesmo tempo que Caracas procura apoio para a integração no Mercosul.

Após a reunião de mais de 5 horas, Chavez declarou que “a parceria vai criar uma estrutura para a união do sul, não só da Venezuela e do Brasil, e acrescentou que vai servir para proteger a região da ameaça da crise energética mundial”.

Lula da Silva e Chavez concordaram em avançar com dois projectos ligados à refinação e extracção petrolíferas. A brasileira Petrobras e a venezuelana PDVSA vão erguer uma refinaria em Pernambuco, no Brasil, e um projecto de extracção em Orinoco, na Venezuela.

Os acordos serão assinados em Dezembro. Os dois chefes de Estados anunciaram também a realização de um estudo conjunto para criar um gasoduto de 8 mil quilómetros para fornecer gás venezuelano à Argentina, passando por território brasileiro.

No encontro Chavez lançou charme para que o Brasil apoie a integração do seu país no Mercosul, depois de há vários meses ter acusado os senadores brasileiros de estarem ao serviço dos interesses norte-americanos.