Última hora

Última hora

Sarkozy insiste em quotas de imigração

Em leitura:

Sarkozy insiste em quotas de imigração

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês, Nicolas Sarkozy, voltou a mostrar-se favorável a uma medida que suscita a viva reacção dos partidos da oposição e das organizações de defesa dos direitos do homem e dos imigrantes. Num entrevista televisiva, o presidente gaulês demonstrou o desejo de que “anualmente seja estabelecido um limite máximo de imigrantes em França, segmentado por trabalho, categorias e por regiões mundiais”.

O partido socialista, o maior partido da oposição, na voz do seu líder François Hollande teceu duras criticas ao chefe de Estado ao referir que Sarkozy propõe “um novo projecto sobre a imigração numa altura em que a Assembleia Nacional discute o quarto projecto-lei sobre o tema em 4 anos. Hollande criticou o facto do presidente não propor a “integração da medida, que o líder do PS considera irrealista, no actual documento em discussão”.

Também a contestar a proposta do presidente insurgiram-se as associações de defesa dos direitos humanos e dos emigrantes e contra o racismo. “Escandaloso, Egoísmo, utilitarista, trata a vida humana como mercadoria” foram as expressões empregues para qualificar a proposta do presidente.