Última hora

Última hora

Empresa norte-americana suspeita de tráfico de armas no Iraque

Em leitura:

Empresa norte-americana suspeita de tráfico de armas no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Os escândalos com a Black Water não param. Desta vez, a empresa de segurança norte-americana que opera no Iraque é suspeita do tráfico ilegal de armas para este país. Segundo a imprensa norte-americana, as autoridades federais já abriram um inquérito tendo por base a colaboração de dois funcionários da Black Water que se deram como culpados. A empresa de segurança privada, sediada na Carolina do Norte, assegura a protecção dos funcionários da embaixada norte-americana em Bagdade.

A Black Water nega as acusações mas começa a ser muito incómoda para Washington. Na semana passada, o primeiro-ministro iraquiano instou os Estados Unidos a prescindirem dos serviços da Black Water, depois de um tiroteio em Bagdade no qual morreram onze civis. O governo iraquiano abriu um inquérito, investigando também o envolvimento da Black Water em outros seis incidentes que provocaram, pelo menos, dez mortos.