Última hora

Última hora

Fujimori em Lima para ser julgado

Em leitura:

Fujimori em Lima para ser julgado

Tamanho do texto Aa Aa

Alberto Fujimori regressou ontem ao Perú, escoltado pela polícia, para ser julgado por corrupção e violação dos direitos humanos. O ex-presidente peruano, que há 7 anos fugiu para o Japão e depois para o Chile, foi transportado de Santiago para Lima, depois do Supremo Tribunal Chileno ter ordenado Sexta-feira a sua extradição, à luz de um mandado de captura internacional. O avião de Fujimori aterrou discretamente numa base militar perto de Lima.

No aeroporto da cidade, centenas de pessoas aguardavam a sua chegada clamando a inocência do antigo chefe de Estado e envolvendo-se em confrontos com a polícia. Fujimori é acusado de, entre outros crimes, ter ordenado dois massacres contra a guerrilha do Sendero Luminoso durante os anos 90. Enquanto o supremo tribunal do Chile deliberava sobre a extradição a embaixada chilena em Lima era alvo das constantes vigílias dos manifestantes anti-Fujimori.

Há sete anos, o ex-presidente chileno enviou a demissão por fax e fugiu para o Japão, onde detém dupla nacionalidade. Em Novembro de 2005, chegou de surpresa ao Chile para preparar nova candidatura à presidência. O tribunal eleitoral de Lima recusou-a e Fujimori ficou refém de uma longa batalha jurídica.