Última hora

Última hora

Nove mortos nas manifestações de Myanmar

Em leitura:

Nove mortos nas manifestações de Myanmar

Tamanho do texto Aa Aa

Terceiro dia de manifestações, segundo dia de repressão policial em Myanmar que provocou hoje nove mortes, segundo a imprensa local. Perto de 70 mil pessoas desafiaram as forças da ordem e voltaram aos protestos contra a junta militar e a favor de reformas democráticas. A embaixada do Japão em Rangoun foi informada pelas autoridades de Myanmar da morte de um fotógrafo japonês.

Ainda não é claro como tudo se passou, sabe-se que o fotógrfo caíu no chão depois da passagem de uma coluna de polícias que se preparavam para uma carga policial. As forças de segurança abriram fogo inúmeras vezes, as manifestações de hoje terminaram graças a gás lacrimogénio e canhões de água.

Largas dezenas de pessoas foram detidas. Entretanto, começou uma autêntica caça aos jornalistas. As autoridades começaram pelo Hotel Traders, em Rangoun, que vasculharam quarto por quarto à procura de profissionais da comunicação social que estejam no país com visto de turista.