Última hora

Última hora

Euro Effies premeiam eficiência em tempos de mudança

Em leitura:

Euro Effies premeiam eficiência em tempos de mudança

Tamanho do texto Aa Aa

A publicidade está a mudar. Durante décadas, os anúncios venderam-nos sonhos de todas as formas, mas está a acontecer uma revolução profunda.

Há novos produtos, novos meios de comunicação, novos hábitos de consumo. Até o mundo em que vivemos é completamente novo.

Stephan Loerke, presidente da Federação Mundial de Anunciantes, sediada em Bruxelas, explica-nos quais os grandes desafios de hoje: “Vejo três grandes desafios no mercado publicitário mundial. Por um lado, a globalização, com a emergência de mercados como a China, a Rússia, a Índia ou o Brasil. Há ainda a chegada das novas tecnologias, dos meios digitais. O terceiro grande desafio é a abertura a novos sectores, como os serviços financeiros, as telecomunicações ou o transporte aéreo, que chegam ao mercado publicitário”.

É na Internet que o investimento publicitário mais tem crescido, com taxas de crescimento de dois dígitos nos principais mercados da Europa.

Essa tendência está a mudar a mentalidade dos consumidores. Carolyn Carter, presidente da divisão europeia da agência Grey, está consciente disso. Na edição deste ano dos Euro Effies, ganhou, pela terceira vez consecutiva, o prémio de Agência do Ano.

“Partindo do princípio de que o consumidor é a raíz de tudo, a forma como comunicamos com ele determina se a marca tem sucesso ou não. O consumidor tem hoje muito mais opções, na escolha dos meios. Tem muito mais maneiras de contactar com as mensagens e com as marcas e pode até escolher participar nas mensagens de marca”, diz Carter.

Os Euro Effies são entregues todos os anos pela Associação Europeia de Agências de Comunicação (EACA) e premeiam a eficiência publicitária. Este ano foram distribuídos 25 prémios, dos quais três de ouro.

O grande prémio foi para a campanha da Nike, destinada às mulheres, concebida pela agência
Wieden+Kennedy Amsterdam.