Última hora

Última hora

Israel liberta menos 30 prisioneiros palestinianos do que o previsto

Em leitura:

Israel liberta menos 30 prisioneiros palestinianos do que o previsto

Tamanho do texto Aa Aa

Israel começou a libertar parte dos 87 prisioneiros palestinianos que prometeu, no âmbito do processo de paz. É um dia marcante para muitas famílias e apoiantes, mas o certo é que as autoridades israelitas não fizeram o que prometeram.

Primeiro garantiram a libertação de 100 homens, depois anunciaram a saída de 87, e destes só conheceram a liberdade 57. Os 30 que faltam estão na Faixa de Gaza. O presidente Shimon Peres, para desilusão de muitos, não assinou os indultos. Não se sabe se ou quando o vai fazer.

Segundo o primeiro-ministro Ehud Olmert, há duas condições para libertar palestinianos das prisões israelitas: primeiro, não podem ter sangue nas mãos; depois têm de assinar uma declaração onde renunciam à violência.

Há pelo menos 11 mil palestinianos em cárceres israelitas.