Última hora

Última hora

Sputnik, o brinquedo "novo" dos engenheiros espaciais russos, faz 50 anos

Em leitura:

Sputnik, o brinquedo "novo" dos engenheiros espaciais russos, faz 50 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Foi com o orgulho do dever cumprido que veteranos do programa espacial responsável pelo lançamento do Sputnik para o espaço participaram nas cerimónias nos arredores de Moscovo.

O lançamento do primeiro satélite artificial da terra marcou há 50 anos o início da conquista espacial, com a antiga União Soviética e os Estados Unidos em concorrência aberta.

A ex-URSS levou a melhor, foi a pioneira e conseguiu um mês depois lançar o Sputnik II.

Natalia Korolova, filha do criador do Sputnik Serguei Korolov, enaltece o facto de o satélite ter aberto uma nova era na história da humanidade.

Hoje, os satélites em órbita são centenas. Há 50 anos, o Sputniera considerada como um projecto secundário, de menor importância, uma espécie de brinquedo novo para a equipa russa de engenheiros espaciais.