Última hora

Última hora

Musharraf impedido de reclamar eventual vitória nas presidenciais antes de 17 de Outubro

Em leitura:

Musharraf impedido de reclamar eventual vitória nas presidenciais antes de 17 de Outubro

Tamanho do texto Aa Aa

O Paquistão realiza este sábado as eleições presidenciais e, mesmo se Pervez Musharraf tem quase assegurada a vitória, o actual chefe de Estado vai ter de esperar para reclamar o cargo. Musharraf tem a seu favor o parlamento e as assembleias regionais, que elegem o presidente, isto apesar da demissão de 200 membros da oposição em protesto contra o actual chefe de Estado.

A luz verde para a votação foi dada pelo Supremo Tribunal, mas os juízes proibiram a publicação dos resultados antes de dia 17 de Outubro, quando deverão decidir sobre o recurso interposto por dois membros da oposição que contestam a candidatura de Musharraf.

O actual presidente é cada vez mais impopular e as legislativas são o grande desafio. Daí que tenha assinado um acordo com Benazir Bhutto. Em troca da aliança com Musharraf, a ex-primeira-ministra vê cair as acusações de corrupção que pendiam sobre ela e que impediam o regresso ao país.