Última hora

Última hora

Separatistas bascos manifestam-se

Em leitura:

Separatistas bascos manifestam-se

Tamanho do texto Aa Aa

Os separatistas bascos sairam à rua para protestar contra a detenção de 23 membros da cúpula dirigente do Batasuna. Os separatistas acusam o governo socialista de ter desencadeado esta acção por causa das próximas eleições dentro de seis meses.

A vice-presidente, Teresa Fernández de la Vega, explicou que o “governo se limitou a agir de acordo com funcionamento normal da justiça”.

Entre os detidos estão figuras proeminentes do Batasuna como Joseba Permach. A operação contra braço politico da ETA foi ordenada pelo juiz Baltasar Garzon depois de relatos que davam conta de uma reorganização do partido ilegalizado para continuar
a apoiar a ETA.

Fontes da investigação indicam ter havido uma diferença na actividade do Batasuna durante a trégua da ETA e a sua posição desde o atentado de Dezembro do ano passado em Madrid, que causou dois mortos. O Batasuna não só não condenou os atentados levados a cabo pela ETA mas iniciou movimentação “orientada para reorganizar o seu apoio ao grupo terrorista.