Última hora

Última hora

Indignação contra Estados Unidos nas ruas turcas

Em leitura:

Indignação contra Estados Unidos nas ruas turcas

Tamanho do texto Aa Aa

A polémica está ao rubro. Na Turquia a contestação anti-americana desceu às ruas. Vários pontos do país assistiram a manifestações de protesto contra a aprovação de um texto por parte de uma comissão da Câmara de Representantes dos Estados Unidos que reconhece o “genocídio” arménio durante os últimos anos do Império Otomano.

Em Istambul e Ancara, os manifestantes marcharam em direcção às representações diplomáticas norte-americanas.

Ao longo dos anos, o assunto cresceu como um “tabu” e a sociedade turca não gostou da perspectiva assumida no Congresso norte-americano.

A imprensa atacou os legisladores em Washington e os turcos tomam posições bastante críticas.

“Os Estados Unidos são o último país a poder dizer alguma coisa sobre o assunto do ‘genocídio’ arménio. Devem olhar primeiro para os seus próprios desastres, lidar com os seus próprios genocídios, como o que aconteceu, por exemplo, aos Índios”, diz um residente de Istambul.

“Nunca vi os Estados Unidos como um país amigável. Fingem ser amigos, mas apenas para o seu próprio benefício. Em geral, não são um amigo”, afirma um outro.