Última hora

Última hora

Leste procura alternativas energéticas

Em leitura:

Leste procura alternativas energéticas

Tamanho do texto Aa Aa

A questão energética reuniu em Vilnius
dirigentes dos países da Europa de Leste. A posição dominante da Rússia enquanto país fornecedor e a utilização que faz da sua riqueza para pressionar as nações vizinhas esteve no centro dos dois dias de conversas.

“As recentes crises energéticas despertaram a União Europeia para a necessidade de começar a pensar uma política energética comum. Elogio a Comissão por mostrar liderança nesta matéria. De facto, precisamos duma política energética integrada mais ambiciosa e decisiva.”, afirmou Valdas Adamkus, presidente da Lituânia.

Durante a conferência foi assinado um acordo para a formação de um consórcio que tem como objectivo a realização de estudos de viabilidade para a construção de um oleoduto entre o Mar Cáspio e o Mar Báltico.

A diversificação de fornecedores energéticos revela-se vital para os interesses dos países da Europa de Leste, actualmente dependentes do humor do Kremlin. Ainda este mês Moscovo ameaçou reduzir os fornecimentos à Ucrânia por causa de uma disputa devida aos pagamentos.