Última hora

Última hora

Turquia pronta a pagar o "preço" de uma eventual intervenção militar unilateral no Iraque

Em leitura:

Turquia pronta a pagar o "preço" de uma eventual intervenção militar unilateral no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades turcas estão prontas a assumir as críticas da comunidade internacional e os riscos de uma eventual intervenção unilateral no Iraque. Ancara reforçou as tropas junto à fronteira e chamou o embaixador turco nos Estados Unidos para consultas. O chefe de governo Tayyip Recepp Erdogan vai pedir ao parlamento na próxima semana que autorize uma operação militar no norte do Iraque.

A ideia será parar a insurgência dos separatistas curdos na Turquia, que se acredita serem apoiados pela comunidade curda do lado iraquiano. O chefe de governo turco diz que já foram calculados os custos de uma eventual intervenção, e seja qual for o preço a pagar ele será conhecido e assumido.

O executivo turco encontra-se quase entre a espada e a parede. Por um lado, os soldados turcos estão a ser alvos de ataques mortíferos por parte de rebeldes curdos e o executivo tem de mostrar firmeza.

Por outro, cresce o sentimento anti-americano com o reconhecimento do genocídio arménio por parte de uma comissão do Congresso norte-americano, algo que distancia a Turquia e os Estados Unidos, tradicionais aliados na questão iraquiana.