Última hora

Última hora

Muçulmanos celebram o fim do Ramadão

Em leitura:

Muçulmanos celebram o fim do Ramadão

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo islâmico terminou o mês do Ramadão e vive hoje a festa muçulmana que varia segundo o calendário lunar. Em Lahore, a segunda cidade do Paquistão, as celebrações decorrem hoje depois de 29 dias de jejum um sacrifício compensado com uma corrida às lojas para comprar presentes.

Na Malásia, na Indonésia regista-se nesta época do ano o maior fluxo migratório do sudeste asiático com o regresso à casa familiar dos que trabalham nas grandes cidades. Mais de 14 milhões de indonésios tomam de assalto, autocarros, barcos e comboio para fazerem esta viagem.

Este fluxo é idêntico no Bengladesh onde milhões de fiéis percorrem milhares de quilómetros para passar o dia santo com os familiares. Em França onde existe a maior comunidade muçulmana da Europa os cerca de quatro milhões de muçulmanos celebram igualmente este sábado o fim do Ramadão.