Última hora

Última hora

Prémios Nobel da Paz 2007 pedem acções urgentes para lutar contra mudanças climáticas

Em leitura:

Prémios Nobel da Paz 2007 pedem acções urgentes para lutar contra mudanças climáticas

Tamanho do texto Aa Aa

Al Gore vai oferecer o dinheiro do prémio Nobel da Paz à Aliança para a Protecção do Clima, uma organização que o próprio preside. O antigo vice-presidente norte-americano em conjunto com o Painel da ONU sobre a Evolução do Clima foram esta sexta-feira distinguidos pela academia sueca. Vão receber cerca de um milhão de euros.

Em conferência de imprensa, na Califórnia, o autor de “Uma verdade inconveniente” alertou para o perigo das alterações climáticas: “É o mais perigoso desafio que jamais enfrentámos mas é também a maior oportunidade que temos para fazer mudanças. É uma oportunidade para aumentar a consciência global em relação aos desafios que enfrentamos”.

Em Nova Deli, o presidente do Grupo Intergovernamental de especialistas sobre a evolução do Clima, o indiano Rajendra Pachauri, exprimiu o desejo de que o prémio crie um sentimento de urgência face ao aquecimento global: “Creio que a mudança climática tem o potencial para destruir a estabilidade e a paz em todo o mundo. Espero que isso não aconteça ao ponto de se tornar um grave problema global, mas sabemos que vivemos num mundo em que há enormes disparidades em termos de rendimento e riqueza.”

O Painel da ONU prevê um aumento entre 1,1 a 6,4 graus da temperatura média da terra até 2100. Segundo as palavras dos especialistas, este aquecimento deve-se “muito provavelmente” à actividade humana.