Última hora

Última hora

Walter Veltroni eleito líder do novo partido Democrático

Em leitura:

Walter Veltroni eleito líder do novo partido Democrático

Tamanho do texto Aa Aa

Walter Veltroni é o chefe do novo partido Democrático italiano. As sondagens à boca das urnas, indicam que o presidente da câmara de Roma conseguirá 74% dos votos. O partido Democrático, nascido da fusão dos democratas de esquerda (ex-comunistas) e dos católicos moderados da Margarida, realiza o Congresso fundador a 27 de Outubro. É a concretização de um projecto político com 13 anos, como frisou Walter Veltroni. O homem da noite afirma que é “preciso retomar uma visão de futuro após todo este tempo presos numa vida política dedicada ao conflito entre posições negativas e de alianças que se baseiam nelas”.

Na corrida, para além de Veltroni, estavam quatro candidatos, mas o mais votado não ultrapassa os 14 por cento. Espera-se agora que o novo partido dê estabilidade ao governo, face às lutas entre centristas e extremistas de esquerda que ameaçam a sobrevivência do executivo a três anos e meio do fim do mandato.

Poucos acreditam no fim das rivalidades, mas o primeiro-ministro Romano Prodi, defensor da criação do partido Democrático, garante que o governo não tem nada a temer desta etapa, pelo contrário, sairá reforçado.

A grande surpresa do escrutínio foi a taxa de participação, que superou as expectativas. Mais de três milhões de italianos foram às urnas, reforçando a posição de Veltroni, possível sucessor de Prodi.