Última hora

Última hora

Forças armadas turcas recebem autorização para incursões no Iraque

Em leitura:

Forças armadas turcas recebem autorização para incursões no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

As forças armadas turcas estão autorizadas a entrar em território iraquiano para neutralizar os guerrilheiros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão, o PKK.

Em Ancara, o parlamento aprovou por larga maioria a moção apresentada pelo governo de Recep Tayyip Erdogan na sequência dos recentes atentados realizados pelos militantes curdos que provocaram vítimas entre o exército turco.

A ameaça de uma intervenção alargada no norte do Iraque provocou uma série de reacções da comunidade internacional. A União Europeia, os Estados Unidos e a NATO exortaram a Turquia à contenção.

Com receio da violação da sua integridade territorial, o governo iraquiano pediu a Ancara negociações urgentes e o vice-presidente Tareq al-Hashemi encontrou-se com o primeiro-ministro turco. Bagdade não rejeita cooperar com Ancara na luta contra os guerrilheiros.

Iniciado em 1984, o conflito armado entre o PKK e a Turquia provocou mais de 37 mil mortos.

Estima-se que no norte do Iraque existam cerca de 3500 rebeldes curdos.