Última hora

Última hora

Diáspora polaca vota com esperança na mudança

Em leitura:

Diáspora polaca vota com esperança na mudança

Tamanho do texto Aa Aa

Este domingo, as embaixadas da Polónia estiveram de portas abertas, em todo o mundo. Mais de 175 mil polacos residentes no estrangeiro inscreveram-se nas listas eleitorais. São três vezes mais do que no último escrutínio, há dois anos. Têm esperança que o voto que deixam na urna mude algo no país.

Três jovens polacos, que vivem no Reino Unido, dão conta das suas expectativas. “Espero que a situação económica da Polónia melhore, com melhores empregos e melhores condições de vida, para que eu possa regressar”, diz uma jovem. A mesma opinião tem uma rapariga: “Queremos que a vida na Polónia melhore. Queremos voltar depois de acabarmos os estudos e gostaríamos de arranjar um trabalho decente.” Um rapaz afirma: “Estou satisfeito por votar. Pelo menos, posso dizer ‘eu votei, eu tentei’. Se nada mudar, paciência, mas pelo menos eu tentei.”

Os 175 mil eleitores polacos no estrangeiro, são apenas uma pequena parte dos mais de dois milhões que se estima tenham emigrado para outros países da União Europeia desde a adesão da Polónia, em 2004. O Reino Unido e a Irlanda têm o maior número de inscritos: 68 mil. Nos Estados Unidos, há 31 mil polacos inscritos nas listas eleitorais. Em Portugal, são cerca de 700.