Última hora

Última hora

FMI adverte para novas descidas do dólar

Em leitura:

FMI adverte para novas descidas do dólar

Tamanho do texto Aa Aa

Quanto mais o dólar desce, mais pode descer ainda. Quem o diz é o homem-forte do Fundo Monetário Internacional. Rodrigo Rato diz que a perda de confiança, por parte dos investidores, em relação aos activos em dólares, podem fazer a moeda norte-americana caír ainda mais. Rato falou na reunião que juntou, em Washington, representantes dos 185 Estados-membros do FMI. O dólar tem vindo a caír face às outras divisas. Nos últimos dias, o euro chegou a novos máximos históricos em relação à moeda norte-americana. Recentemente, atingiu 1,43 USD.

Depois de um pico em 2005, a cotação do euro aliviou um pouco, mas em 2006 começou uma nova série de subidas que não tem fim à vista.

Rato advertiu ainda para os perigos que a Zona Euro enfrenta com a apreciação da moeda. O director-geral do FMI, que em breve deixa o cargo ao francês Dominique Strauss-Kahn, diz que o crescimento económico dos Treze pode sofrer com o euro em alta.