Última hora

Última hora

Intervenção turca no Iraque cada vez mais próxima

Em leitura:

Intervenção turca no Iraque cada vez mais próxima

Tamanho do texto Aa Aa

Intensifica-se a pressão da opinião pública turca para que o Governo desencadeie uma operação militar contra a guerrilha curda no Norte do Iraque. Depois do último ataque dos guerrilheiros na zona fronteiriça ter resultado na morte de mais 17 soldados turcos, a frustração nacional reflectia-se nas primeira páginas dos jornais hoje em Ancara.

A oposição política também exige acção por parte do Governo que já enviou 100 mil soldados para a região mas decidiu dar tempo a Washington para que tome medidas contra os separatista curdos.

Nas ruas da capital, os cidadãos mostram indignação: “temos muitos mártires, por isso é que temos que fazer uma operação militar. Espero que o número não aumente se não conduzirmos a operação. Mas será uma boa lição para o Iraque”, declarou um transeunte.

Enquanto na Turquia o presidente da República afirma que o país está disposto a pagar qualquer preço para derrotar o terrorismo, do outro lado da fronteira têm lugar protestos contra a intervenção turca.

Milhares de pessoas, incluindo árabes, curdos e turcos, saíram às ruas do centro da cidade de Kirkuk para condenar as ameaças de incursões no Norte do Iraque destinadas a esmagar os separatistas curdos.