Última hora

Última hora

Chamas não dão tréguas ao sul da Califórnia

Em leitura:

Chamas não dão tréguas ao sul da Califórnia

Tamanho do texto Aa Aa

O sul da Califórnia está a ser devastado por uma tempestade de fogo. Pelo menos 13 incêndios permanecem fora de controlo. Os fogos dos últimos dias já consumiram mais de 90 mil hectares e não se prevê uma acalmia. A meteorologia indica que os ventos muito fortes e secos, bem como as temperaturas altas, vão continuar.

Mais 600 casas e 100 infra-estruturas comerciais foram reduzidas a cinzas. Pelo menos 1 pessoa morreu e 30 ficaram feridas. Centenas de milhares de cidadãos foram obrigados a deixar as suas habitações. Em San Diego, o estádio do clube de futebol americano é agora casa temporária para um mar de gente.

O governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, já no domingo tinha declarado o estado de emergência em 7 condados. Schwarzenegger garante que as autoridades estão a fazer tudo para que nada falta aos deslocados e revela que quase 300 mil pessoas foram retiradas das suas casas.

San Diego é uma das cidades ameaçadas. Um hospital e uma prisão já tiveram que ser encerrados. Mais de 5000 bombeiros apoiados por três dezenas de aviões fazem o que podem para controlar as chamas. O pentágono já enviou meios aéreos e mais de 1500 homens da guarda nacional foram mobilizados.

Teme-se que a tragédia possa tornar-se pior do que a registada em 2003, na Califórnia, quando foram consumidos mais de 300 mil hectares de terreno e morreram 22 pessoas devidos aos incêndios.