Última hora

Última hora

França e Marrocos estreitam relações

Em leitura:

França e Marrocos estreitam relações

Tamanho do texto Aa Aa

A primeira visita de Estado do presidente francês ao reino de Mohamed VI terminou com a assinatura de diversos contratos comerciais e protocolos de colaboração entre Paris e Rabat. Nicolas Sarkozy vendeu aos marroquinos o comboio de Alta Velocidade, uma fragata ultramoderna, um sistema de vigilância de fronteiras e energia nuclear civil. Nesta visita, o chefe Estado francês fez-se acompanhar de altos responsáveis empresariais e do seus ministros mais próximos.

Um dos contratos mais importantes ronda os dois mil milhões de euros, o que diz respeito precisamente à construção da linha de TGV entre Tanger e Casablanca na qual participarão três empresas francesas. Os franceses não conseguiram, no entanto, vender a Marrocos o seu avião de combate Rafale. Rabat recusou comprar o bombardeiro francês e fez saber que a sua preferência vai para o F-16 norte-americano, um aparelho aparentemente mais sofisticado e mais barato. O Dassault Rafale um avião militar francês multifuncional de quarta geração criado em 2001 não teve sucesso comercial além fronteiras.