Última hora

Última hora

UE reduz quotas de pesca do bacalhau no Báltico

Em leitura:

UE reduz quotas de pesca do bacalhau no Báltico

Tamanho do texto Aa Aa

Foi agitada, a reunião dos ministros das pescas, mas os Vinte e Sete chegaram a acordo sobre a redução das capturas piscícolas no mar Báltico, para o próximo ano. Bruxelas foi obrigada a rever, em baixa, a sua proposta, para conseguir um compromisso. Em causa, sobretudo, o bacalhau, considerado espécie ameaçada.

Assim, após a reunião, no Luxemburgo, os ministros concordaram em reduzir a captura do bacalhau em cinco por cento, face aos valores deste ano, na zona oriental do Báltico. Inicialmente, Bruxelas propunha uma redução de 23%. A parte oriental deste mar é, sobretudo, usada pela Polónia – que estava em conflito aberto com a Comissão.

No lado ocidental do Báltico, a redução será de 28%, contra os 33% originalmente propostos por Bruxelas. Estas reduções inserem-se no plano da Comissão para salvaguardar as espécies ameaçadas. A França comprometeu-se, entretanto, a combater a pesca ilegal do atum vermelho – outra espécie em perigo. Bruxelas considera que Paris já esgotou, em muito, as taxas de captura autorizadas para este ano.