Última hora

Última hora

"Assassino do tabuleiro de xadrez" condenado à prisão perpétua

Em leitura:

"Assassino do tabuleiro de xadrez" condenado à prisão perpétua

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça russa condenou à prisão perpétua, Alexandre Pitchouchkine, o chamado “assassino do tabuleiro de xadrez”. O criminoso foi reconhecido culpado de 48 assassínios e de três tentativas de assassínio, embora reclame a autoria de mais 11 mortes. A setença foi aprovada por unanimidade pelos 12 jurados, tendo sido apontada pelos juízes como “exemplar”.

Segundo as crónicas dos media russos, o funcionário de um supermercado, de 33 anos, pretenderia matar 64 pessoas, tantas quantas as casas de um tabuleiro de xadrez. Pitchouchkine tinha iniciado a sua série de assassínios em 1992 com 18 anos, o último assassínio data de Junho passado, num parque moscovita onde cometeu a maioria dos seus crimes brutais.