Última hora

Última hora

Eliasson optmista

Em leitura:

Eliasson optmista

Tamanho do texto Aa Aa

Os resultados alcançados no segundo dia de Conferência sobre a Paz no Darfur ficaram aquém das expectativas e as atenções voltam-se para o encontro desta segunda feira, na Líbia, entre representantes do governo sudanês e delegações de rebeldes.

O mediador da ONU, Jan Eliasson, mostra-se optimista e recusa-se a aceitar qualquer interrupção no processo de paz, acrescentando, que as negociações estão no caminho certo e que resta, apenas, saber quantas pessoas estão interessadas em participar

A última tentativa de negociação, promovida pela União Africana em 2006, resultou num acordo de paz firmado por apenas uma facção rebelde.

O primeiro ministro britânico, Gordon Brown acredita, que a União Africana e as Nações Unidas no Darfur possam ajudar a acelerar o processo de paz, mas adianta que caso as diferentes partes não participem no cessar fogo as sanções contra o governo sudanês poderão ser reforçadas.

No passado dia 27, o governo do Sudão decretou um cessar-fogo unilateral na sequência do apelo lançado pelo Conselho de Segurança da ONU.

Em quatro anos de guerra civil, a violência na região de Darfur provocou mais de 200 mil mortos.