Última hora

Última hora

Operacionais da ETA condenados em Madrid

Em leitura:

Operacionais da ETA condenados em Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal de Madrid condenou esta segunda-feiras dois antigos membros do grupo separatista ETA a 1.253 anos de prisão. Juan António Olarra e Ainhoa Múgica foram considerados culpados pela morte de seis pessoas num atentado contra uma carrinha da armada.

O ataque ocorreu em em Madrid em 1995 e a sentença inclui ainda 44 tentativas de assassínio referentes aos feridos que resultaram do atentado. A acusação deu como provado que os dois militantes integravam um comando da ETA na capital espanhola e se ocupavam de vigiar e anotar os movimentos da carrinha.

O comando separatista fê-la explodir utilizando um veículo armadilhado que continha 40 a 50 quilos de explosivos. Para além da pena de prisão, os dois ex- operacionais da ETA foram condenados a pagar entre 800 mil e 200 mil euros de indemnizações aos familiares das vítimas mortais