Última hora

Última hora

Chade apresenta acusação formal

Em leitura:

Chade apresenta acusação formal

Tamanho do texto Aa Aa

16 europeus e dois chadianos vão responder pelos crimes de sequestro de menores e de complicidade no caso do transporte de crianças do Chade para França. O pedido feito pelo procurador de Abéché, a principal cidade do leste do Chade foi formalizado pelo juíz de instrução criminal.

O caso envolve membros da associação Arca de Zoé e jornalistas franceses, elementos da tripulação do aparelho de origem espanhola e um piloto belga.

Antonio Cajal, da companhia espanhola de voos charter, mantém a confiança no governo de Chad e mostra-se optimista quanto ao esclarecimento de toda a situação e no regresso a casa dos cidadãos espanhóis. Mas para as famílias dos detidos este parece ser um cenário cada vez mais distante.

Eduardo Munhoz pai de um co piloto espanhol diz estar a fazer um esforço para tentar compreender o que se está a passar, embora não consiga, adiantando, que “ver um filho na televisão nestas condições é horrível.”

A associação Arca de Zoé garante que apenas pretendia salvar as 103 crianças afectados pela guerra civil no Darfur, no oeste do Sudão, que faz fronteira com o Chade.

Opinião diferente têm as autoridades europeias e o governo Chadiano. A tentativa de adopção ilegal e a integração em redes de pedofilia são as teses apresentadas pelas duas partes.