Última hora

Em leitura:

Espanha condena 21 arguidos pelos atentados de 11 de Março


mundo

Espanha condena 21 arguidos pelos atentados de 11 de Março

A justiça Espanhola condenou 21 dos 28 arguidos no processo dos atentados de 11 de Março. Na sede da Audiencia Nacional, em Madrid, juiz Javier Gomes Bermudez absolveu sete arguidos, entre eles encontra-se Rabei Osman Sayed Ahmed conhecido como o egípcio, que se encontra a cumprir pena em Itália por ligações a uma oraganização terrorista.

O marroquino Djamel Zougam foi condenado, por diversos crimes, cujo cúmulo penal atinge os 40 mil anos. A milhares de anos de prisão foi também condenado o espanhol Suarez Trashorras, acusado de ter fornecido explosivos aos terroristas. Os atentados que provocaram a morte a 191 pessoas foram os mais mortiferos na europa ligados à Al-Qaeda.

A acusação pedia uma pena superior a 35 mil anos. No entanto, e ao longo das mais de 50 sessões os arguidos sempre se declaram inocentes. Durante a manhã, o magistrado disse não haver provas do envolvimento da ETA nos atentados onde morreram cerca de duas centenas de pessoas.

A sentença desta quarta feira é o culminar de uma investigação que dura há 3 anos durante a qual foram detidas dezenas de suspeitos. Sete dos principais morreram numa explosão, um mês depois dos atentados

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

A visita polémica de um Rei contestado