Última hora

Última hora

Tempestade Noel assola Leste de Cuba

Em leitura:

Tempestade Noel assola Leste de Cuba

Tamanho do texto Aa Aa

As chuvas torrenciais e o risco de inundações abalam o Leste da Ilha de Cuba, assolado desde esta manhã pela tempestade tropical Noel. Cerca de 10 mil pessoas foram deslocadas de zonas ameaçadas pela subida das águas ou deslizamentos de terras.

Na província de Holguín, a maioria das barragens está à beira de atingir a quota máxima, na sequência das chuvas que atingem o território desde o início do mês e que representam já o dobro da média anual. A tempestade tropical Noel diminuiu nas últimas horas de intensidade, depois de ter provocado nos últimos dias pelo menos 36 mortos no Haiti e na República Dominicana.

Na República Dominicana, 15 pessoas continuam ainda desaparecidas, após 30 terem morrido. A intempérie destruiu mais de 3 mil casas, deixando isoladas 36 povoações onde a água chegou a atingir os 51cm de altura. No Haiti, as enxurradas mataram pelo menos 6 pessoas, desalojando milhares.

Uma residente da capital queixa-se do desinteresse do governo pela sua situação: “onde é que estão os ministros e o presidente recém-eleitos, não podemos viver nestas condições, como animais”. A décima quarta tempestade tropical da temporada arrasta ventos entre 60 e 70 quilómetros hora e chuvas fortes, podendo atingir a costa norte-americana nos próximos dias.