Última hora

Última hora

Chrysler anuncia novos despedimentos

Em leitura:

Chrysler anuncia novos despedimentos

Tamanho do texto Aa Aa

A Chrysler vai eliminar 10.000 postos de trabalho suplementares, a juntar aos 13.000 cortes no quadro anunciados em Fevereiro. Um décimo destas novas supressões de emprego vai ser feito entre o pessoal administrativo.

A medida tem como objectivo reduzir os custos, numa altura em que a marca automóvel norte-americana, recentemente separada do grupo DaimlerChrysler, perde fatia de mercado nos Estados Unidos. Nos primeiros nove meses de 2007, a empresa, dirigida por Tom LaSorda, viu as vendas caír 5%, em relação ao ano passado.

Com estes novos cortes, eleva-se para 23.000 o total de supressões de emprego na Chrysler. A empresa anunciou ainda que iria reduzir a produção em 400.000 carros por ano. A Chrysler vai eliminar quatro modelos: o Dodge Magnum, a versão descapotável do PT Cruiser e ainda os modelos Pacifica e Crossfire, ambos comercializados com a marca Chrysler.

Em compensação, vai introduzir dois novos modelos no mercado. Trata-se, em ambos os casos, de carros híbridos. A companhia norte-americana aproveita assim a boleia ecológica que tem feito da tecnologia híbrida, lançada pela concorrente japonesa Toyota, a nova coqueluche do mundo automóvel.