Última hora

Última hora

Marrocos qualifica de "provocatória" a visita de Juan Carlos a Ceuta

Em leitura:

Marrocos qualifica de "provocatória" a visita de Juan Carlos a Ceuta

Tamanho do texto Aa Aa

A visita do rei Juan Carlos aos enclaves de Ceuta e Melilla provoca a indignação do governo marroquino, que já chamou o seu embaixador em Madrid para pedir esclarecimentos.

Marrocos declarou oficialmente num comunicado que lamenta a “visita de Sua Majestade o Rei Juan Carlos I às duas cidades”.

O governo de Marrocos reconheceu que “a amizade entre Marrocos e Espanha foi reforçada nos últimos anos” mas refere que “não se pode esquecer um problema primordial, que é o das cidades ocupadas”.
Esta é primeira visita dos Reis de Espanha aos dois enclaves no Norte de África, que são há muito reclamados por Rabat como territórios marroquinos.

Ceuta e Melilla são espanholas há mais de 400 anos. A insistência de Marrocos é um ponto de discórdia nas relações bilaterais com Espanha.

A visita do manarca espanhol foi o único tema discutido na sessão parlamentara em Rabat onde todos os grupos parlamentares marroquinos votaram uma resolução de protesto contra esta visita. Os marroquinos organizaram também manifestações frente à embaixada espanhola em Rabat, em Ceuta e em Melilla para denunciarem o que chamam de “acto de provocação”.