Última hora

Última hora

Polícia captura o novo "padrinho dos padrinhos" da máfia siciliana

Em leitura:

Polícia captura o novo "padrinho dos padrinhos" da máfia siciliana

Tamanho do texto Aa Aa

No interior da máfia siciliana era conhecido como “Il Barone” (o Barão). Salvatore Lo Piccolo, o suposto novo número 1 da “Cosa Nostra” foi capturado esta manhã pela polícia, nos arredores da cidade de Palermo. A monte há 23 anos, Lo Piccolo, de 65 anos, é acusado de vários crimes de homicídio e extorsão, sendo apontado como o elo de ligação entre a máfia siciliana e a sua congénere norte-americana.

Outros três cabecilhas da máfia, entre os quais o filho, Sandro Lo Piccolo, foram igualmente detidos pela polícia durante a operação preparada há várias semanas. Quarenta agentes irromperam esta manhã numa vivenda da localidade de Giardinello, onde os quatro homens se encontravam reunidos. Os criminosos, armados, entregaram-se sem resistência.

A polícia apreendeu no local armas, dinheiro e documentos que não incluem os famosos “pizzini”, as listagens de empresários vítimas de extorsão.

A operação de hoje surge na sequência da detenção em Agosto de Francesco Franceze, o tesoureiro de Lo Piccolo, que terá colaborado com a polícia. “Il Barone” é considerado o braço-direito e sucessor de Bernardo Provenzano, o “padrinho dos padrinhos” detido no ano passado, após 43 de fuga.

A detenção ocorre no mesmo dia em que a Sicília comemora a jornada das vítimas da máfia. Em Palermo vários grupos anti-máfia celebraram com champanhe a captura de Lo Piccolo.