Última hora

Última hora

Comunidade internacional exige fim do estado de emergência

Em leitura:

Comunidade internacional exige fim do estado de emergência

Tamanho do texto Aa Aa

O estado de emergência instaurado sábado no Paquistão é acima de tudo “uma questão de soberania nacional” é o que defende o regime paquistanês para rejeitar numerosas condenações à medida de excepção vindas da comunidade internacional.

Em Islamabad, Karachi e Lahor Musharraf enfrenta, há quatro dias uma onda de manifestações cuja repressão tem levantado críticas da comunidade internacional, em particular de Washington, cujos responsáveis, incluindo o presidente Bush, exige que o general ponha fim ao estado de emergência e organize eleições legislativas previstas para meados de Janeiro.
O estado de emergência foi justificado por Musharraf pelo aumento de atentados e ingerência do poder judicial nas prerrogativas do governo na luta contra terroristas islamistas.

Mas tanto a oposição como numerosos analistas consideram que o general que dirige o país há oito anos pretende a qualquer preço conservar-se no poder.