Última hora

Última hora

Governo de Bronw reforça medidas de combate ao terrorismo

Em leitura:

Governo de Bronw reforça medidas de combate ao terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

Isabel II foi ao Parlamento para a tradicional abertura do ano parlamentar, uma cerimónia que se repete desde 1536. A monarca procede assim à apresentação do programa político do governo redigido pelo primeiro-ministro, Gordon Bronw.
Com uma imagem enfraquecida depois de ter renunciado a convocar eleições antecipadas, no passado dia seis de Outubro, Bronw tentará retomar a iniciativa com a exposição de 23 projectos de lei com especial destaque para imigração e luta anti-terrorismo.

A rainha declarou que o governo “procura um consenso para dar à polícia e aos outros organismos o poder de que eles precisam para defender as pessoas, os direitos e liberdades”.

O governo vai continuar a trabalhar para “construir uma União Europeia próspera e segura, bem preparada para responder aos problemas da globalização.” Sobre a imigração o governo espera poder reduzir anualmente em cerca de 35 mil o número de imigrantes provenientes de países não europeus, graças ao sistema de pontos para os trabalhadores qualificados. Em matéria de terrorismo Bronw pretende confirmar o projecto controverso que prevê o alargamento da detenção preventiva de 28 para 56 dias.