Última hora

Última hora

Itália e Roménia pedem medidas europeias para integração de imigrantes

Em leitura:

Itália e Roménia pedem medidas europeias para integração de imigrantes

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro italiano, Romano Prodi e o seu homólogo romeno, Calin Tariceanu, reuniram-se em Roma para abordar a delicada questão dos imigrante romenos em Itália. Os dois assinaram uma carta conjunta dirigida a Durão Barroso, pedindo ao presidente da Comissão, que a Europa faça mais em matéria de integração social dos imigrantes, particularmente das comunidades ciganas.

Prodi disse, em conferência de imprensa: “Juntos pedimos à União Europeia que faça mais porque é claro que para enfrentar um problema como o dos fluxos migratórios intracomunitários, é preciso que a União tome medidas à altura do problema”.

O problema em Itália foi agudizado com a violação e morte de uma mulher italiana por um cigano romeno, seguido de violência entre cidadãos italianos e romenos, casos que levaram à expulsão de algumas dezenas de cidadãos romenos pelas autoridades italianas.

Agora, os governos de Roma e Bucareste decidiram medidas conjuntas para melhor integrar as comunidades: reforço da cooperação policial entre os dois países, ampliação da rede consular da Roménia em Itália e uma nova forma de colaboração entre as autoridades fronteiriças.