Última hora

Última hora

Sarkozy pede aos EUA que assumam liderança na luta contra aquecimento global

Em leitura:

Sarkozy pede aos EUA que assumam liderança na luta contra aquecimento global

Tamanho do texto Aa Aa

Apoio incondicional na luta contra o terrorismo. A garantia foi dada pelo presidente francês ao povo americano. O Iraque e o Médio Oriente foram alguns dos temas, abordados pelos dois líderes na residência do primeiro presidente dos Estados Unidos, em Mount Vernon, a sul de Washington.

“Acabei de falar com o presidente Musharaff. A minha mensagem foi muito clara: os Estados Unidos querem que convoque eleições como programado e dispa o uniforme”, afirmou George W. Bush.

Durante a visita, Sarkozy apresentou a França como um aliado e um amigo dos Estados Unidos. Palavras que não deixaram Bush indiferente: “Tenho um parceiro da paz, alguém com uma visão clara e com valores, que está disposto a tomar posições para obter a paz.”

Antes Sarkozy dirigiu-se à Câmara de Representantes e ao Senado. O chefe de Estado foi acolhido com uma longa ovação quando prestou homenagem aos soldados norte-americanos que combateram nas duas guerras mundiais.

Depois de elogiar a cultura e o povo americano, o presidente francês lançou um desafio: que Washington assuma a liderança do combate ao aquecimento global.

A crise que abalou o relacionamento franco- americano parece estar, agora, encerrada.