Última hora

Última hora

Benazir bhutto em prisão domiciliária

Em leitura:

Benazir bhutto em prisão domiciliária

Tamanho do texto Aa Aa

A líder da oposição paquistanesa vai ficar em prisão domiciliária. De acordo com a agência de notícias France Press, citando uma fonte do governo, Benazir Bhutto foi detida face às intenções em prosseguir com a manifestação ilegal prevista para esta sexta-feira, em Rawalpindi, nos arredores de Islamabad.

O Partido do Povo do Paquistão demonstrou determinação em contrariar as autoridades e avançar com o protesto contra o estado de emergência decretado pelo presidente Pervez Musharraf. Por seu lado as forças da ordem anunciaram que a lei será preservada. Esperam-se por isso mais confrontos, à semelhança dos últimos dias.

A antiga primeira-ministra insiste para que o presidente anuncier uma data concreta para as eleições legislativas e também para abandonar o uniforme militar. Sob pressão popular, com violentos protestos nas ruas, e pressão política dos Estados Unidos, com a casa branca a pedir uma transição democrática, o presidente Musharraf garantiu, durante uma reunião do conselho de segurança nacional, que as eleições legislativas vão ser realizadas antes de 15 de Fevereiro.

Musharraf prometeu também que vai abandonar as forças armadas.