Última hora

Última hora

Reino Unido e Holanda atentos a subida das águas no Mar do Norte

Em leitura:

Reino Unido e Holanda atentos a subida das águas no Mar do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido e a Holanda mantêm-se vigilantes face ao risco de inundações resultantes do forte temporal no Mar do Norte. Os britânicos parecem no entanto ter escapado relativamente ilesos à intempérie. A tempestade, associada a marés altas, provocou fortes vagas na costa Leste de Inglaterra que, segundo a Agência britânica do Meio Ambiente, atingiram a intensidade máxima ao início da manhã.

As autoridades lançaram ontem vários alertas e as operações de evacuação nas localidades costeiras afectaram milhares de pessoas. Apesar de algumas inundações, o nível das águas e os efeitos do temporal são bastante menores que o previsto. Ontem, os peritos comparavam a situação às cheias de 1953, que fizeram 2000 mortos em Inglaterra e na Holanda.

As autoridades holandeses aplicaram, pela primeira vez desde 1976, medidas generalizadas de protecção da costa e dos diques. Foi também a primeira vez que a comporta marítima junto ao porto de Roterdão foi fechada. A Noruega, a Alemanha e a Bélgica também estão em alerta. O forte temporal obrigou ainda ao encerramento de várias plataformas petrolíferas no Mar do Norte.