Última hora

Última hora

Tempestade causa catástrofe ecológica

Em leitura:

Tempestade causa catástrofe ecológica

Tamanho do texto Aa Aa

A tempestade que assolou as regiões do Mar Negro e do Mar de Azov causou perdas humanas e um grave acidente ecológico.
Três corpos deram já à costa em Touzla no sul da Rússia mas vinte marinherios estão ainda dados como desaparecidos depois do naufrágio de um navio russo que transportava metal e que se afundou perto do porto de Sebastopol.
Outros quatro cargueiros naufragaram três que transportava enxofre afundaram-se no porto de Kavkaz, junto ao estreito de Kerch.

Horas antes um petroleiro russo que transportava 4.000 toneladas de óleo combustível naufragou à entrada do mesmo porto e derramou cerca 1.500 toneladas. Com rajadas de vento de 180 quilómetros por hora e ondas até seis metros de altura a tempestade levou tudo à sua passagem.

As autoridades da Rússia e da Ucrânia garantem que estão a tomar medidas de emergência para limitar a tragédia sobretudo nesta zona de passagem de aves migratórias vindos da Sibéria para passar o Inverno na região.