Última hora

Última hora

Bhutto exige pela primeira vez demissão de Musharraf

Em leitura:

Bhutto exige pela primeira vez demissão de Musharraf

Tamanho do texto Aa Aa

A pressão sobre Pervez Musharraf aumenta exponencialmente, tanto a nível interno como no plano internacional. A ira contra o presidente paquistanês traduziu-se mesmo em ataques a duas esquadras de polícia, durante uma manifestação em Karachi. Em Lahore, completamente cercada por barricadas e 4000 polícias, a líder da oposição Benazir Bhutto exigiu pela primeira vez a demissão do chefe de Estado.

As autoridades decretaram ontem a prisão domiciliária da ex-primeira-ministra, válida por uma semana. O objectivo era impedir que liderasse uma “grande marcha” de protesto entre Lahore e Islamabad que, segundo responsáveis do seu partido, seguiu caminho mesmo sem Bhutto.

A líder da oposição rompeu definitivamente as negociações de partilha de poder com Musharraf e apelou à união de toda a oposição, que mantém protestos um pouco por todo o país.

As Nações Unidas e a Casa Branca exigem o fim do estado de urgência e a Commonwealth britânica ameaça expulsar o Paquistão.