Última hora

Última hora

Italianos chocados com descoberta de crime de honra

Em leitura:

Italianos chocados com descoberta de crime de honra

Tamanho do texto Aa Aa

Um crime de honra tirou a vida a Hina Saleem, de 21 anos, em Sarezzo, perto de Brescia, no norte de Itália. O crime foi cometido há um ano pelo pai e pelos cunhados da jovem, todos paquistaneses de religião muçulmana, residentes em Itália há cinco anos. O corpo de Hina foi descoberto em Agosto do ano passado no jardim da casa da família onde foi enterrado esfaqueado.

A polícia deteve os elementos implicados no homicídio que terá ficado a dever-se ao facto de a jovem manter uma relação com um italiano de 33 anos divorciado com quem tencionava casar. O pai e os dois cunhados foram condenados a 30 anos de cadeia cada um e um quarto homem a dois anos e oito meses por ocultação de cadávere.

No momento da sentença a mãe da jovem entrou em choque e foi levada pela ambulância. No exterior do Tribunal de Brescia foi organizada uma manifestação para condenar a violência machista contra as mulheres.