Última hora

Última hora

Autoridades paquistanesas detêm líder da oposição

Em leitura:

Autoridades paquistanesas detêm líder da oposição

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades paquistanesas detiveram, esta manhã, a antiga estrela do críquete paquistanês e líder de um pequeno partido da oposição Imran Khan. Khan foi detido quando participava numa manifestação que decorreu na Universidade do Pendjab, em Laoré, no este do Paquistão.

O antigo capitão da selecção de críquete que se sagrou campeã do mundo em 1992 foi colocado em prisão domiciliária no dia 03 de Novembro, data da instauração do estado de emergência pelo presidente Pervez Musharraf. Um dia depois, Khan conseguiu escapar às autoridades e desde então encontrava-se a monte.

A manifestação na universidade de Laoré é mais uma das muitas que têm sido convocadas desde a instauração do estado de emergência.

A dirigente da oposição paquistanesa, Benazir Bhutto, que está sob prisão domiciliária desde segunda-feira, pela segunda vez em quatro dias, pediu hoje à comunidade internacional, também em Laoré, onde se encontra a sua residência, que deixe de apoiar Pervez Musharraf e exigiu a demissão do chefe de Estado

A formação de Bhutto, o PPP, tem agendada para esta quarta-feira uma “longa marcha”, com início em Laoré. O protesto foi proibido pelo governo paquistanês, na segunda-feira à noite.