Última hora

Última hora

Gasoduto reaproxima gregos e turcos

Em leitura:

Gasoduto reaproxima gregos e turcos

Tamanho do texto Aa Aa

Na ponte sobre o rio Evros, uma fronteira natural, a Turquia e a Grécia, velhas rivais, apertam mãos. Os primeiros-ministros Costas karamanlis, grego, e Recep Tayyip Erdohan, turco, selam a construção conjunta de um gasoduto.

Um projecto económico aproxima gregos e turcos divididos por questões relacionadas com a ilha de Chipre e soberania territorial no mar egeu.

O gasoduto de 285 quilómetros de extensão vai transportar gás natural de Karacabey, no norte turco para komotini, na Grécia.

A infraestrura custou mais de 250 milhões de euros e terá uma capacidade de transporte de cerca de 12 mil milhões de metros cúbicos de gás por ano.

25 % vão servir para as necessidades energéticas helénicas o restante será exportado para a Europa – um forma de diminuir a dependência dos 27 em relação ao gás russo.