Última hora

Última hora

Chirac acusado de desvio de fundos públicos à frente da Câmara de Paris

Em leitura:

Chirac acusado de desvio de fundos públicos à frente da Câmara de Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Jacques Chirac foi acusado formalmente do desvio de fundos públicos durante o tempo em que foi presidente da câmara de Paris, entre 1977 e 1995.

O ex-presidente francês é suspeito de ter recrutado para o gabinete municipal dezenas de pessoas ligadas ao partido RPR (transformado depois no actual UMP), mas que não trabalhavam ou estavam ao seu serviço pessoal.

A acusação foi feita pela juíza Xaviére Simeoni, após três horas de audiência. Mas o nome de Chirac surge noutros casos, alguns analisados pela mesma magistrada.

A primeira audiência sobre os empregos fictícios teve lugar em Julho. Segundo Jean Veil, advogado de Chirac, a juíza foi obrigada a acusar o seu cliente pois “não se pode interrogar alguém sobre um caso deste género durante anos sem acusação. Se a juíza não o tivesse feito seria um erro”, defende.

Jacques Chirac deixou o Eliseu há seis meses e com isso perdeu a imunidade de que gozava. É o primeiro presidente na história da República francesa a ser acusado pela justiça.