Última hora

Última hora

Putin mantém-se no poder...Kremlin demarca-se da candidatura às legislativas

Em leitura:

Putin mantém-se no poder...Kremlin demarca-se da candidatura às legislativas

Tamanho do texto Aa Aa

“Moscovo vota por Putin”. Um cartaz gigante, estrategicamente colocado, à imagem da máquina de propaganda que trabalha para que o presidente cessante mantenha o poder de facto depois das presidenciais de Março.

A candidatura como cabeça de lista da Rússia Unida foi apresentada no mês passado e as sondagens colocaram-na imediatamente em vantagem para as legislativas de Dezembro.

“ Porque é que Putin é tão bom?” Pergunta
um dos líderes do mesmo partido, Asthakov.
Porque durante os últimos oito anos protegeu o país das pilhagens, da dispersão e da humilhação.
Ele, apenas…por isso devem estar confiantes”.

O Kremlin desmentiu qualquer relação com o movimento popular que pressionou Putin para ser o líder nacional.
Mas os 70 por cento de apoiantes que as sondagens lhe atribuem são mais orquestrados na sombra pelas autoridades do que expontâneos.

“A Rússia é uma bela nação”, afirma o representante cossaco no sul do país. “Aprendemos muito, compreendemos muito graças ao facto de termos um homem responsável à frente do país, capaz de o dirigir”.

Os analistas ocidentais como Rose Moetemoeller, estão persuadidos de que Putin não mudará a Constituição para poder criar um terceiro mandato presidencial consecutivo. Mas também têm a certeza que não se vai retirar da ribalta política.

“ Penso que o presidente Putin, como já disse muitas vezes, prepara-se para acabar o segundo mandato consecutivo e sair. Mas deve regressar no futuro, e deve preparar as condições para esse regresso ao cargo.”

Na rua, as opiniões dividem-se. Uma reformada, por exemplo, queixa-se do sistema de pensões.

“Não houve mudanças, só promessas. Putin diz que as pensões seriam aumentadas em 350 rublos (10 euros) mas só subiram 140”.

Seja como for, a Rússia Unida está no topo das preferências dos eleitores por causa de Vladimir Putin e da máquina de propaganda eleitoral por ele concebida.