Última hora

Última hora

Húngaros protestam contra reformas do governo

Em leitura:

Húngaros protestam contra reformas do governo

Tamanho do texto Aa Aa

Vários milhares de pessoas juntaram-se esta quarta-feira em frente ao parlamento em Budapeste para protestar contra as reformas económicas do governo húngaro. Esta manifestação, que segundo a agência de notícias nacional reuniu cinco mil pessoas, é o culminar de um dia de greves generalizadas.

O sindicato dos maquinistas convocou uma paragem de seis horas contra o fecho de linhas férreas nas pequenas localidades. O protesto estendeu-se aos funcionários públicos, dos transportes,do sector médico e do ensino que contestam o projecto de reforma dos sistemas de pensões e de saúde.

O governo socialista do primeiro ministro Ferenc Gyurcsany apresentou este mês uma lei que prevê a privatização parcial da Segurança social.

Mas os opositores ao projecto, nomeadamente a associção dos médicos da Hungria defende que a injecção de capitais privados vai acentuar as desigualdades sociais e privar os mais carenciado do acesso à saúde.